17.11.07

Uma certa democracia

Para Vital Moreira, há compromissos políticos assumidos nas campanhas eleitorais que "o pior que lhes pode acontecer é serem cumpridos". Aliás, "elegemos deputados para que eles decidam", mesmo que seja ao arrepio destas promessas. Sem pedidos de desculpas, sem mea culpas, sem justificações...

Noutras palavras, vale tudo para conquistar o poder, vale tudo quando já se tem o poder. A levar a sério as palavras deste senhor, Portugal não é uma democracia, é uma uma sequência de ditaduras, sendo os ditadores eleitos em concursos de popularidade. Não que isso seja novidade. Curioso é que seja tão abertamente assumido.

5 comentários:

Anónimo disse...

Meu querido amigo. Cuidado! vital Moreira é uma vaca sagrada do PS, nãp se mexe nem se toca! É só um aviso!

/me disse...

Ora. Ninguém do PS sequer sabe que eu existo para que tenha de me preocupar com isso. ;)

pinguim disse...

Continuo a considerar "apenas" Vital Moreira um excelente constitucionalista...

Ka disse...

/me,

ainda te espantas com Vital Moreira?? Olha dali já não me espanta nada!

Beijinho e boa semana

/me disse...

Na verdade, não costumo prestar atenção ao que o senhor tem a dizer... Daí que sim, fiquei surpreendido. E elucidado. :)